Informática

Brasileiros são finalistas em competição de corridas de drones

corrida de drones

Um grupo de pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) representará o Brasil na final da Artificial Intelligence Robotic Racing (AIRR), corrida inédita de drones autônomos que será realizada nos EUA a partir de julho.

Depois de derrotar mais de 400 equipes de todo o mundo na fase classificatória da competição, o time mineiro está entre os nove finalistas do torneio, que irá pagar US$1 milhão ao primeiro colocado.

Os vencedores serão aqueles que programarem os drones para que eles completem os percursos no menor tempo possível, passando por uma sequência de “gates” portais distribuídos em diversos pontos da arena onde as provas serão realizadas.

“Representar o país nesta competição é motivo de muito orgulho e de grande responsabilidade. Somos o único time da América Latina classificado e iremos enfrentar desenvolvedores das melhores instituições de pesquisa em robótica do planeta”, diz Henrique Machado, aluno de mestrado da UFMG e bolsista do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Sistemas Autônomos Cooperativos (InSAC), sediado na USP, em São Carlos.

Para chegar à final, os brasileiros passaram por uma etapa preliminar realizada virtualmente. Nesta fase, competidores de dezenas de países desenvolveram algoritmos para controlar a trajetória dos veículos aéreos não tripulados e testaram seus códigos em um simulador de drones criado pelo Massachusetts Institute of Technologies (MIT).

O programa foi capaz de gerar no computador um ambiente semelhante ao que será encontrado na AIRR, e os nove algoritmos que obtiveram melhor desempenho foram selecionados por uma renomada banca de juízes da academia, governo e indústria, todos especialistas em sistemas autônomos e inteligência artificial.

Os finalistas não precisarão levar seus equipamentos até o local de prova, pois os organizadores irão disponibilizar uma robusta infraestrutura que contará com drones especialmente preparados para receber os algoritmos dos participantes. O estudante da UFMG estima que os códigos de sua equipe podem levar os veículos aéreos alcançarem até 120km/h.

“A corrida de drones é um esporte futurista e uma grande atração para os jovens desse milênio, bem como para alunos do ensino fundamental e médio com interesse em tecnologia”, afirma a organização do evento.

Livros sobre I.A

livro inteligencia artificial george f luger

Inteligência Artificial – Abordagem ...

o-algoritmo-mestre

O Algoritmo Mestre: Como a Busca Pelo Algo...

inteligencia artificial livro

Inteligência Artificial

data science do zero

Data Science do zero – Primeiras Reg...

skyward-conquiste-as-estrelas

Skyward: Conquiste as estrelas

logia-fuzzy

A Inteligencia Artificial (Lógica Fuzzy) p...

redes-neurais-artificiais

Redes Neurais Artificiais Para Engenharia ...

entendendo-a-inteligencia-artificial

Entendendo Inteligencia Artificial

Cursos de I.A

336x280_profissionais-do-futuro_seq2

Profissional do Futuro – Inteligênci...

talia sistema inteligencia artificial advogados

Talia – Inteligência Artificial para...

instarise

Instarise – Inteligência artificial ...

curso online robotica automacao residencial

Curso de Robótica e Automação Residencial

curso robôs im inteligência artificial facebook

ROBOS.im – Plataforma para criação d...

congresso-online-inteligencia-digital-futurismo

Congresso Online de Inteligência Digital &...

curso-inteligencia-artificial-avancada-assistentes-pessoais

Inteligência artificial avançada para assi...

Tudo Sobre IoT curso online

Tudo Sobre IoT – Internet das Coisas