Inovações

China cria apresentador de jornal com inteligência artificial

Agência de notícias estatal da China, a Xinhua revelou nesta semana seu mais novo apresentador: um âncora virtual que utiliza algoritmos de inteligência artificial e um sintetizador de voz para simular um apresentador real lendo as notícias.

O âncora virtual foi apresentado durante a World Internet Conference e foi desenvolvido em parceria com a companhia Sogou, responsável pelo desenvolvimento de um mecanismo de busca.

Ele é resultado de uma combinação de tecnologias e criado a partir de imagens e exemplos de voz capturadas previamente e sintetizados em tempo real para simular uma pessoa falando.

A inteligência artificial em questão trabalha editando apenas a zona da boca de forma que esteja sincronizada com as notícias que são lidas com uma voz sintetizada.

De acordo com o jornal chinês South China Morning Post, haverão dois âncoras com inteligência artificial (um que fale em inglês e outro em chinês) e trabalharão 24 horas no site oficial e em várias redes sociais, reduzindo os custos de produção de notícias e melhorando a eficiência.

Mas, o âncora virtual ainda não está pronto para tirar empregos de jornalistas por aí. Apesar da Xinhua dizer que seu novo apresentador é capaz de apresentar notícias em uma linguagem natural, ele ainda não está convencendo muito em sua apresentação.

O que você achou do robô apresentador? Será ele capaz de substituir repórteres e apresentar jornais em um futuro próximo? Ou você acha que não? Deixe nos comentários a sua opinião.