Informática

O Reconhecimento Facial se tornou uma norma na China e o público não está muito satisfeito

A digitalização de rostos para verificação de identidade tornou-se a norma na China, com a tecnologia sendo usada em algumas universidades para check-ins de estudantes, bem como em shopping centers para rastrear as rotas adotadas pelos consumidores.

Em alguns banheiros públicos avançados, o reconhecimento facial está sendo usado até para garantir que as pessoas não tomem muitos tecidos para monitorar atos de abuso de recursos.

Mas coincidir com a rápida penetração do reconhecimento facial na China tem aumentado a preocupação com a nova tecnologia.

De acordo com uma pesquisa recente com 6.100 cidadãos chineses, 79% dos entrevistados disseram estar preocupados com o vazamento de dados de reconhecimento facial, enquanto 39% disseram preferir “maneiras tradicionais” de fazer as coisas do que usar a tecnologia de reconhecimento facial.

Ao mesmo tempo, cerca de 40% dos entrevistados disseram não ter idéia de como seus dados faciais foram armazenados e 83% das pessoas esperam que os operadores forneçam um canal viável para verificar e excluir seus dados faciais, de acordo com o relatório de pesquisa da China.

A falta de transparência sobre como os dados faciais são protegidos na China contrasta fortemente com sua implantação maciça no país, pois muitos dispositivos de reconhecimento facial nem fornecem políticas de privacidade ou acordos de usuário, resultando na falta de consentimento dos consumidores.

Em muitos cenários, as câmeras podem começar a coletar os dados faciais das pessoas assim que entram em seu escopo, com a maioria das pessoas nem percebendo que estão sendo filmadas.

Os dispositivos de reconhecimento facial também podem deixar de explicar questões como como os dados faciais são armazenados e se podem ser excluídos, de acordo com as descobertas do relatório.

Como mais da metade das pessoas pesquisadas afirmou não ter ou não ter conhecimento de ter assinado cláusulas de privacidade com prestadores de serviços de reconhecimento facial, é difícil para os usuários exigir medidas de alívio razoáveis ​​em ocasiões em que os dados faciais vazam, o relatório adicionado.

Em outubro, um professor universitário da província de Zhejiang, na China, processou um zoológico local que exige que todos os participantes façam o check-in através do reconhecimento facial. Anteriormente, o zoológico usava o reconhecimento de impressões digitais como método para verificar os participantes.

O caso, na pendência de um resultado, é considerado o primeiro processo legal na China sobre a implantação do reconhecimento facial e atraiu um grande debate do público.

Enquanto muitas pessoas acreditam que a proteção dos dados faciais é uma questão crucial na implantação do reconhecimento facial, outras, incluindo o zoológico, disseram que o professor exagerou o valor dos dados faciais, pois impressões digitais, números de telefone e informações de identificação também são dados privados, mas as pessoas estão mais dispostos a entregá-los para o registro.

A pesquisa recente também descobriu que 41% dos entrevistados estavam dispostos a usar a tecnologia de reconhecimento facial, enquanto mais de 39% relutavam em usá-la.

Cerca de 74% dos entrevistados disseram que os cidadãos chineses deveriam escolher entre usar o reconhecimento facial ou uma verificação de identidade tradicional, em vez de deixar uma solução única sem outras opções, disse a pesquisa.

Livros sobre I.A

biologia-artificial

Biologia Artificial: A evolução da Intelig...

androides-sonham-com-ovelhas-eletricas

Androides Sonham Com Ovelhas Eletricas?

maquinas-preditivas-economia-inteligencia-artificial

Máquinas Preditivas: a Simples Economia da...

skyward-conquiste-as-estrelas

Skyward: Conquiste as estrelas

inteligencia-artificial-seo-marketing

Inteligência Artificial, Seo e o Marketing...

inteligencia-artificial-generica

Inteligência Artificial Genérica: Os desaf...

superinteligencia-caminhos-perigos-estrategias

Superinteligência: Caminhos, Perigos, Estr...

inteligencia artificial debora de mello

Inteligência Artificial – eBook Kindle

Cursos de I.A

internet-das-coisas-curso

Internet das Coisas – Uma visão ampl...

instarise

Instarise – Inteligência artificial ...

curso-inteligencia-artificial-avancada-assistentes-pessoais

Inteligência artificial avançada para assi...

curso online robotica automacao residencial

Curso de Robótica e Automação Residencial

Tudo Sobre IoT curso online

Tudo Sobre IoT – Internet das Coisas

336x280_profissionais-do-futuro_seq2

Profissional do Futuro – Inteligênci...

curso robôs im inteligência artificial facebook

ROBOS.im – Plataforma para criação d...

talia sistema inteligencia artificial advogados

Talia – Inteligência Artificial para...