Internet das Coisas

Qual a diferença entre a Internet das Coisas e a Inteligência Artificial?

Inteligência Artificial

Você já ouviu falar no termo Internet das Coisas? Este conceito tecnológico diz que todos os objetos da vida cotidiana estariam conectados à internet, agindo de modo inteligente.

Também conhecido como IoT (do inglês, Internet of Things), a IoT fala sobre uma rede que conectará tudo em um grande banco de dados, trazendo vários benefícios ao cotidiano, como por exemplo, prevenção de crimes e acidentes, permitir uma produtividade elevada em indústrias através de uma manutenção preventiva em maquinários e claro, criar casas verdadeiramente inteligentes com aparelhos conectados entre si. As possibilidades que a IoT traz são infinitas.

O vídeo abaixo demonstra como seria uma casa com o conceito de IoT aplicado:

Agora que já sabemos o que é a IoT, qual seria então a sua diferença em relação a Inteligência Artificial?

Inteligência Artificial x Internet das Coisas

Inteligência Artificial

Conforme já falamos no artigo Inteligência artificial – o que é e como anda?, a Inteligência Artificial (IA)  é o campo da Tecnologia da Informação que tem como objetivo o contínuo desenvolvimento da “Inteligência” das máquinas. Assim sendo, podemos dizer que o principal objetivo da Inteligência Artificial é tornar uma máquina capaz de imitar funções cognitivas de um ser humano, para que ela possa tomar decisões com base em experiências passadas ou até mesmo responder a ações completamente desconhecidas até aquele momento.

Já a Internet das Coisas tem um conceito peculiar. Conforme dito anteriormente, a IoT (do inglês, Internet of Things) diz respeito a objetos de nosso cotidiano estarem conectados à internet, compartilhando banco de dados em comum. Na prática, podemos afirmar que dispositivos físicos (como veículos e edifícios), dispositivos eletrônicos, sensores e etc, são capazes de comunicar entre si através de uma rede, conforme o conceito de IoT.

Qual a diferença entre IA e IoT?

Através destes dois conceitos anteriores podemos perceber que a Inteligência Artificial e a Internet das Coisas são bem parecidas, certo?

Na verdade a Internet das Coisas não existe sem a Inteligência Artificial. Isso por conta de um motivo bem simples. A IoT exige que vários dispositivos estejam conectados e interagindo entre si. Se formos utilizar um ser humano para analisar e filtrar todos os dados gerados entre essas interações, podemos imaginar primeiramente que seriam milhares de dados gerados, então analisar todos eles manualmente seria quase impossível, certo?

Aí que entra a Inteligência Artificial, com um papel fundamental de realizar uma análise e obter resultados automaticamente, evitando, assim, que uma pessoa específica tenha que analisar dado a dado manualmente. Além disso, como a IA tem a capacidade de responder à variadas ações e comportamentos até mesmo inesperados, o uso dela se torna indispensável junto à IoT.

Logo podemos concluir que não existe uma diferença entre IA e IoT, mas sim uma semelhança, já que a IoT depende da IA para funcionar bem.