Robótica

Robô brasileiro detecta problemas de vista através de inteligência artificial

inteligência artificial

Um projeto criado por brasileiros poderá mudar a forma com a qual as pessoas realizam testes de vista. O Adam Robo utiliza inteligência artificial (IA) para realizar testes que detectam se uma pessoa possui problemas nos olhos em poucos segundos.

O projeto chamou a atenção do mundo ao ficar entre os semifinalistas da etapa global da competição Imagine Cup, uma copa entre startups realizada pela Microsoft, que aconteceu entre os dias 23 e 25 de julho na sede da companhia, em Redmond, nos Estados Unidos.

O aparelho tem como proposta ser mais leve e portátil do que outras soluções com o mesmo fim. A ideia é de facilitar o transporte do objeto para que possa democratizar o acesso a um exame de vista até mesmo em áreas de difícil acesso.

Adam já está em sua terceira versão. Através do uso de inteligência artificial, o robô conversa com quem faz o teste e faz perguntas simples e diretas. Durante o teste, a máquina pede que o usuário responda quais são as letras exibidas, além de perguntar nome e idade do “paciente”.

O teste realizado por Adam é capaz de identificar problemas de visão como miopia e astigmatismo. Além disso, em sua última versão o robô é capaz de detectar a possibilidade de uma pessoa ter ou não catarata. Uma pequena câmera localizada acima do aparelho fotografa os olhos de quem faz o teste. Através do uso de aprendizado de máquina, a foto é então comparada a outras imagens de olhos com catarata e sem catarata em um banco de imagens.

A previsão da empresa é de lançar Adam em 2019, até lá, a equipe trabalhará em novas funcionalidades e aperfeiçoamento das funções atuais. O projeto mostra como a IA poderá afetar o campo de saúde e trazer diversos benefícios para as pessoas, além de mostrar capacidades de empresas brasileiras em criação de projetos com o uso de IA.