Robótica

SpaceBok, o robô feito para explorar Marte

inteligência artificial

A Agência Espacial Europeia (ESA) está trabalhando em um robô com quatro pés com capacidade de andar e pular, especialmente projetado para ser usado na superfície de outros planetas.

Robôs com pernas podem atravessar terrenos não-estruturados e podem ser usados ​​para explorar áreas de interesse, como crateras, que os rovers não conseguem alcançar. Como são muito versáteis, podem mudar a maneira como caminham para se adaptarem a diferentes terrenos.

Segundo a equipe, ao contrário de outros robôs com pernas, SpaceBok é projetado principalmente para saltar, o que na Terra não o tornaria tão útil, mas na Lua, por exemplo, poderia fazer saltos com uma altura de quatro metros, movendo-se rápida e eficientemente.

A ideia da ESA, é que o robô possa, em um futuro próximo, estar substituindo sondas que são enviadas para outros planetas, tal como aconteceu recentemente com a sonda Insight. Já que sua movimentação o permitiria ir até locais que as sondas não conseguem por conta de terrenos rochosos, por exemplo.

Atualmente o robô encontra-se em fase de prototipação, sendo testado e corrigido para aprimoramentos gerais. Estão sendo testados, por exemplo, sensores de visão, a equipe trabalha para aumentar a autonomia e aperfeiçoar as movimentações do SpaceBok.